iBOM | Dra. Geralda Batistuta deixou um legado de amor à vida em BD



140x140
Bom Despacho (MG), 21 de setembro de 2017

Dra. Geralda Batistuta deixou um legado de amor à vida em BD

Geralda Batistuta de Mesquita em fotos tiradas nos anos de 1956 e 2010
Publicado em 21/11/2015 20:48:13

BEATRIZ CABRAL - Faleceu hoje, em Belo Horizonte, a médica Geralda Batistuta de Mesquita. Pediatra e anestesiologista, ela era casada com o também médico José Cardoso de Mesquita.

A Doutora, como era conhecida, nasceu em Uberaba, mas foi em Bom Despacho que fez sua carreira e exerceu a Medicina por quase meio século. Aqui ela criou seus quatro filhos: Alessandra, Fábio, Luciana e Fernanda – os dois primeiros também médicos.

Quando chegou a Bom Despacho, no início dos anos 60, ela chegou também a dar aulas na cidade. Atuou como voluntária em projetos sociais e educativos.

Dra. Geralda era uma dama, uma pessoa de fino trato. Exercia a Medicina com uma alegria incontida, demonstrando estar sempre de bem com a vida. Por suas mãos passaram milhares de crianças, por várias gerações, que ela atendia com empenho e carinho.

Elegante, andava sempre bem arrumada. Recebia a todos com muita cordialidade, simpatia e educação. Era sensível e delicada. Amante das artes, gostava especialmente de música e de pintura, que era seu hobby.

Dra. Geralda deixou para Bom Despacho um legado de trabalho, dedicação e de amor à vida.

No início de outubro, o colunista Tadeu Araújo publicou no Jornal de Negócios um belo artigo sobre a família Mesquita e sua trajetória. CLIQUE AQUI para ver o artigo.



Rua do Rosário, 72 – Centro – Fone (37) 3522.2361 – Bom Despacho - MG
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal de Negócios.