iBOM | Polícia discute ações para combater crimes que preocupam BD



140x140
Bom Despacho (MG), 23 de janeiro de 2018

Polícia discute ações para combater crimes que preocupam BD

Imagem ilustrativa
Publicado em 08/01/2018 15:32:11

O comando da 50ª Companhia – que responde pelo policiamento de Bom Despacho, Moema e Martinho Campos – está reunido na tarde desta segunda-feira para discutir ações contra o crime em Bom Despacho. O motivo foram três ocorrências de destaque no final de semana: uma execução no Dona Branca, uma tentativa de assalto no centro da cidade e um roubo a restaurante na noite de domingo.

“Não podemos aceitar esta situação. Por isto, vamos adotar medidas fortes para diminuir essas ocorrências”, afirmou o tenente Antônio Marcos Azevedo, comandante da 50ª Companhia. Entre as medidas discutidas na reunião, a PM adiantou para o Jornal que vai intensificar as abordagens preventivas de pessoas e veículos na cidade.

O comandante Azevedo pede também que a comunidade participe denunciando pelo telefone 190 qualquer situação suspeita, para que a PM possa intervir e combater o crime na hora em que ele estiver acontecendo 

Execução

Na primeira ocorrência do fim de semana, um homem de 19 anos foi alvejado com vários tiros na porta da sua casa, no Residencial Dona Branca, bairro do Rosário, na noite de sexta para sábado. Testemunhas disseram à Polícia Militar que dois homens chegaram numa moto e fizeram os disparos, tendo acertado a vítima na cabeça. A PM suspeita de acerto de contas. O jovem alvejado foi socorrido e levado para o Pronto Atendimento, mas não resistiu aos ferimentos. Um suspeito identificado por testemunhas foi preso pela PM e levado para a Delegacia.

Interceptação

Na manhã de domingo (7/1), uma dupla de moto tentou interceptar o motorista de uma camionete que estaria levando dinheiro recolhido do caixa de um motel. A tentativa de interceptação ocorreu próxima à rotatória da Prefeitura, na Praça Irmã Albuquerque. A moto parou, o carona desceu e disparou contra a camionete em movimento. O motorista acelerou, atingiu o assaltante com o veículo e saiu em perseguição ao comparsa na moto, que conseguiu fugir. O assaltante atingido pelo carro fugiu do local deixando para trás um sapato.

Mais tarde, a Polícia obteve informações que levaram os militares até um suspeito de ser o autor dos disparos. Ele correspondia à descrição feita pela vítima, apresentava ferimentos compatíveis com o atropelamento e tinha em casa um revólver calibre 38 com 10 cartuchos. Segundo a PM, o sapato perdido na tentativa de roubo também foi reconhecido pela mãe do suspeito. A arma foi apreendida e o suspeito preso e levado para a Delegacia.

Roubo

Na noite de domingo, um homem portando uma arma – que a PM suspeita ser de imitação – assaltou o Restaurante Sagano, na Avenida Amazonas. De acordo com a Polícia, ele adentrou no local, mostrou a arma e roubou 300 reais em dinheiro. A PM foi acionada e fez rastreamento na região, mas não localizou o suspeito descrito pelas vítimas. 



Rua do Rosário, 72 – Centro – Fone (37) 3522.2361 – Bom Despacho - MG
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal de Negócios.