iBOM | Não fique junto de quem só leva maldade e inveja no coração



140x140
Bom Despacho (MG), 23 de janeiro de 2018

Não fique junto de quem só leva maldade e inveja no coração

Imagem ilustrativa
Publicado em 10/12/2017 13:24:09

DÉBORA RODRIGUES - Existem algumas pessoas que acordam a cada manhã, abrem os olhos e pensam: quem eu irei prejudicar hoje? Se elas não fazem o mal para alguém, não estão felizes. Essas pessoas não gostam de ninguém, só delas mesmas. Não gostam de paz, sempre levam tumulto e desavença por onde passam. O sentimento que essas pessoas gostam que tenhamos por elas é medo. E devemos ter mesmo.

Devemos temer essas pessoas por que não somos iguais a elas. Nós temos dignidade, amamos, somos amados, respeitamos o outro. Nós temos algo a perder, elas não, porque não têm ninguém. Ninguém as ama, ninguém quer estar perto delas. Pois quem quer estar junto de quem só carrega maldade e inveja no coração?

Como se não bastasse puxar o tapete dos outros, essas pessoas ainda fazem fofoca, mentem, inventam histórias. Não basta serem insignificantes, precisam minar o bom relacionamento dos demais.

Agora, vamos aprender como conviver com elas: não conviva. Se você não tem opção de não estar com uma pessoa assim em algum momento, conviva o menos possível. Não fale sobre você, porque ela prestará bastante atenção em tudo que disser para ver se há alguma coisa que possa distorcer e usar contra você.

Não as leve para sua vida, não as convide para sua casa, nem por obrigação. Você, apesar de ser melhor que ela, não consegue competir. Ela usará cartas que você desconhece, pois seu caráter não permite.

Cerque-se de pessoas que você ama, que te fazem bem. Não deseje o mal, por mais tentador que seja e mesmo sabendo que ela merece, pois você não se igualará a ela. Deseje o bem, deseje paz, deseje amor e torça para que isso possa algum dia chegar até essa pessoa e fazer dela alguém mais feliz e que não tenha vontade de atrapalhar a vida dos outros. Ah! Sinta pena também, pois pessoas assim são dignas de dó.

É aquele velho clichê facebookiano: gente feliz não atrapalha a vida dos outros. Portanto, espalhe amor e felicidade por aí.

Débora Rodrigues é psicóloga e conselheira tutelar em BD



Rua do Rosário, 72 – Centro – Fone (37) 3522.2361 – Bom Despacho - MG
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal de Negócios.