iBOM | Onde é que estão os brasileiros para lutar por seus direitos?



140x140
Bom Despacho (MG), 23 de novembro de 2017

Onde é que estão os brasileiros para lutar por seus direitos?

Publicado em 30/01/2015 09:59:15

FERNANDO BRANCO - Eu não entendo os brasileiros, principalmente os do Facebook. Eles passam o dia choramingando, falando mal da Dilma e outros políticos pela Internet, fazendo piadas sobre os governos, mas não vejo ninguém levantar a mão para partir para o planalto para, em uma marcha de milhões, exigir a imediata renúncia desses canalhas, pilantras e covardes que mamam no poder.

Onde estão os caras-pintadas que retiraram o presidente Fernando Collor do poder? Será que já estão velhos demais para isso?

Onde estão os nossos jovens, que passam a noite na balada ouvindo funk e sertanejo universitário, ou coisa pior? Por que tanta energia para a balada e nenhuma para lutar pelos seus ideais, pelas mudanças políticas que são necessárias?

Onde estão os jovens dos rolezinhos nos shopings?  Por que também não fazem rolezinhos defronte às Câmaras Municipais, as Assembleias Legislativas, o Congresso Nacional?

E onde estão os milhares de torcedores que lotam estádios de futebol pelo país, pagando ingressos caríssimos, que abraçam colegas de torcida e saem no tapa com os rivais, que cantam músicas motivadoras, que exigem que os seus atletas joguem com raça? Por que eles também não lotam as casas legislativas, por que não cantam músicas exigindo que os políticos trabalhem com raça, assiduidade e probidade? Por que não exigem a saída de políticos, como fazem com os seus atletas e treinadores que não os agradam?

Onde estão os foliões que lotam as ruas durante o carnaval, que enchem a cara e fazem xixi nas ruas? Por que eles também não lotam as ruas para exigir mudanças?

Onde estão os turistas que lotam as praias e cidades históricas para se embebedar? Onde estão os pródigos que lotam shoppings centers para comprar futilidades?  Onde estão os estudantes das universidades? Onde estão os motoristas que enchem as ruas de carros de todas as cidades do país? Onde estão os operários que protestavam contra as fábricas?

Onde está todo mundo quando é para discutir melhorias para o nosso país?

Parece que, para protestar de verdade, para impedir a roubalheira, para cassar políticos corruptos, estamos todos ocupados demais, plugados no Facebook, WhatsApp, Twitter, Instagram, Skype e outras futilidades sociais.  

Estamos ocupados demais para ouvir “A voz do Brasil” e se informar sobre o que está sendo feito com o nosso dinheiro. Mas temos tempo de sobra para publicar, compartilhar e curtir posts, fotos e vídeos inúteis, dos quais ninguém mais vai se lembrar amanhã.

Os brasileiros votam, mas a maioria esmagodora não sabe de fato o que os políticos fazem com os seus mandatos. Quase ninguém vai atrás de informação, é mais fácil ver tudo pela Internet, pela TV, pronto, acabado, sem esforço, ainda que sejam verdades construídas por gente que, quase sempre, possui interesse hostil.

Não é à toa que, cada vez mais, os ladrões estão se infiltrando no poder e dilapidando o nosso país, enquanto trocamos figurinhas pela Internet.

Fernando Branco é professor na FACEB/UNIPAC Bom Despacho



Rua do Rosário, 72 – Centro – Fone (37) 3522.2361 – Bom Despacho - MG
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal de Negócios.