iBOM | Chapecoense: o voo para o céu da equipe que encantou a todos



140x140
Bom Despacho (MG), 21 de setembro de 2017

Chapecoense: o voo para o céu da equipe que encantou a todos

Publicado em 05/12/2016 15:14:07

Há muito não se vê tão triste cena no esporte mundial. Tantas pessoas mortas, famílias dilaceradas, arrasadas, perdas que nunca mais serão repostas. O que é o dinheiro, perto de tão grande tragédia? A vida ficou mais triste a partir do dia 29 de novembro de 2016. Essa ferida será difícil de ser curada. Somente com muito trabalho e o tempo poderá ser nosso remédio contra tudo isso.

A equipe que teve uma ascensão meteórica, cresceu como poucas equipes no país, chegou a uma inédita final de uma competição internacional e teve interrompida sua trajetória por causa de um acidente aéreo. Morreram 71 pessoas, escaparam 6 tripulantes da morte, 3 atletas, e dois funcionários e 1 jornalista da aeronave. Morreram também jornalistas, comissão técnica, convidados da equipe e diversas pessoas ligadas ao jogo. As notícias não paravam de chegar, imagens, vídeos, fatos e comentários e tudo que era canal falava da tragédia.

A solidariedade, as mensagens de apoio foram retratadas em todos os países do mundo. Dia 30 de novembro a Colômbia fez uma belíssima homenagem para os que se foram nesse fatídico acidente, em especial para a equipe da Chapecoense e seus familiares. A Fox Sport fez 90 minutos de silêncio em seu canal de esporte e outras diversas homenagens foram feitas principalmente em Chapecó, em Condá.
A lição que fica é como são as mensagens que nos chegam a todo momento. Viva o hoje sem pensar no amanhã, aproveite cada minuto com sua família e aproveite muito bem.
O que esperar do nosso futebol agora? Será o mesmo? O que poderá mudar? Somente o tempo nos dirá. Espero que, mesmo acontecendo essa tragédia, possamos ainda nos orgulhar de nosso esporte e voltarmos à normalidade o quanto antes. Estamos com voces, Chapecó. Deus ilumine as famílias de cada um e que possamos conviver com essa dor, lembrando eternamente de todos os heróis que foram jogar esse futebol no céu.

(Texto de Marquinho do Blog, editado)
Fabiano Oliveira, repórter, comentarista e cronista esportivo



Rua do Rosário, 72 – Centro – Fone (37) 3522.2361 – Bom Despacho - MG
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal de Negócios.