iBOM | Há momentos em que é necessário dizer não às outras pessoas



140x140
Bom Despacho (MG), 21 de setembro de 2017

Há momentos em que é necessário dizer não às outras pessoas

Imagem ilustrativa
Publicado em 11/07/2016 23:49:33

DÉBORA RODRIGUES - Algumas pessoas simplesmente não conseguem dizer não. É uma dificuldade que elas carregam desde muito cedo, praticamente desde o nascimento. Pensar em dar uma negativa para alguém é capaz de lhes fazer perder o sono. Como não conseguem, se sobrecarregam com várias atividades, abraçam o mundo. Assumem muitas coisas tanto no trabalho quanto na vida pessoal.

No trabalho, geralmente essas pessoas entregam tudo em cima da hora, pois fazem tudo que lhe pedem e pegam coisas além da sua capacidade de administrar. E como seus clientes sabem de sua dificuldade em dizer não, sempre pedem coisas em tempo não hábil, porque sabem que apenas essa pessoa se submeteria a tal situação e abusam da sua capacidade de não conseguir negar.

Na família, essa pessoa geralmente é arrimo. Socorre a tudo e a todos que novamente abusam de sua dificuldade. É ela quem paga, leva ao médico, cuida dos sobrinhos, ajuda os pais, anula sua vida para servir aos outros.

A consequência disso tudo é que essa pessoa se torna alguém sem compromisso, que não consegue cumprir nenhuma responsabilidade direito. Na tentativa de fazer tudo ao mesmo tempo para todos, não consegue fazer nada nem para ela mesma, não cumpre seus compromissos profissionais e nem suas responsabilidades pessoais por não ter tempo de nada quando tenta fazer tudo.

Isso acarreta a nulidade da pessoa, que deixa sua vida de lado para tentar abraçar o mundo, o que não é possível.

Trabalhe isso dentro de você e perceberá como tudo fica mais simples quando conseguimos usar essa palavra tão libertadora. Falar não, não indicará que você não gosta, não se importa com o outro ou que você não é uma pessoa boa, mas sim que você tem amor próprio. Conseguir cumprir aquilo a que você se propõe tornará tudo mais fácil e leve.  Não se anule para fazer as vontades alheias.

Débora Rodrigues é psicóloga e conselheira tutelar em Bom Despacho



Rua do Rosário, 72 – Centro – Fone (37) 3522.2361 – Bom Despacho - MG
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal de Negócios.